quarta-feira, 28 de julho de 2010

É preciso acontecer!

As vezes é preciso acontecer algo em nossas vidas para que nossas atitudes mudem. A pouco acompanhava, na TV Record, o programa "Jornal da Record". O jornalistico apresentava uma reportagem especial sobre alcoolismo e entrevistava pessoas que superaram o vício e também familiares que perderam parentes para a bebida.
Entre os entrevistados, uma mulher. Não vou citar nomes. Ela dizia que sentia muito a morte do irmão de 21 anos. "Senti mais que a morte dos meus pais, ele era muito jovem", disse. Apesar da dor, ela começou a trabalhar para ajudar as pessoas de sua comunidade, buscando uma maneira de encontrar em outras pessoas o futuro que seu irmão não conseguiu buscar.
Em um dos momentos ela deixou isso bem claro e comecei a pensar: as fatalidades tem sua função em nossas vidas para que possamos mudar o foco das nossas ações. Deixar de olhar apenas para nosso umbigos e ajudarmos mais os outros, vivendo não só, egoistamente, nossas próprias  vidas, mas amando o próximo como o ensinamento que Jesus Cristo nos apresentou.
Por isso, não espere algo de ruim servir de alerta para que você possa começar a fazer o bem. Faça o bem nascer do amor e da compaixão existente dentro de você. Participe de ações de sua comunidade, campanhas beneficientes, ONGs, Associações e coopere para um mundo melhor. Hoje existem tantos jovens jogados no alcool e drogas que precisam muitas vezes apenas de atenção, reserve um pouco de seu tempo e participe de um grupo voluntário na luta contra drogas. Seja, de fato, um cidadão!

Um comentário:

  1. Parabéns Augusto Pinz , pelo texto e pela análise,é raro encontrar pessoas com o seu pensamento,é muito difícil,eu conheci os dois lados e conheci as pessoas também.As pessoas condenam,julgam e esquecem,mas mal sabem que ao se escapar de um vício,uma dependência,essas pessoas carregam um aprendizado,uma experiência jamais vista,fora grande exemplo de superação somado com muitas histórias pra contar que rendem inúmeros textos.Passar bem !
    Ass: Um dependente químico em recuperação limpo e de cabeça erguida .

    ResponderExcluir

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!