sexta-feira, 8 de julho de 2011

Anunciando reportagem

Salvo em casos de uma reportagem investigativa, não acho correto que um repórter utilize a sonegação da informação de que está realizando uma pesquisa para uma matéria. Por exemplo o repórter chega, conversa com você, e depois vai lá e publica aquilo e você fica pensando: "Que FDP..falei porque achei que não era uma reportagem".
Ai são dois pontos: Primeiro, nunca fale nada para um jornalista se você não quer que se propague. Está no sangue transformar tudo em boas hisórias. Segundo que acredito ser também uma forma do jornalista "queimar a fonte" assim, já que as pessoas ficarão temerosas de lhe falar algo.
Em Canguçu tem acontecido isso. Tem gente que chega conversando e quando vê... PUM. Tá em um site. Já falei com três pessoas que disseram não ter dito exatamente o que estava lá escrito. Uma delas disse que teria dado uma resposta diferente se o repórter tivesse anunciado que seria uma reportagem, afinal a pessoa era sua amiga e acabou tratando o repórter como amigo e não como profissional.
Fica a dica então: Não fale o que não quer que se propague. Isso vale para Twitter, Facebook, orkut e tudo mais. Para os jornalistas lembre-se: Informe que está fazendo uma entrevista para não perder sua credibilidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!