sexta-feira, 29 de março de 2013

A "cacolândia" de Canguçu

Tem se tornado cena comum, durante o final de semana, os cacos de vidro espalhados pela Rua General Osório. Principalmente próximo aos locais de maior aglomeração de jovens. Sem muitas alternativas de lazer o que resta é se juntar em grupo e beber. E beber bastante. E não fosse isso, após sanar sua sede o destino das garrafas é o meio-fio das calçadas.
A manhã desta sexta-feira santa (29) é prova disso. Em frente a loja "Pompéia" é um dos pontos de encontro de quem sai a noite. Ali, da Igreja Batista até o "Arena" são várias garrafas espalhadas pelo chão, mutias quebradas, em cacos, colocando em risco pedestres que passam na via e danificando os veículos. Ao estacionar é preciso cuidado para não ter um pneu furado ou ao descer do carro cravar um caco de vidro no pé.
Foto: Augusto Pinz

A situação já ocorre há muito tempo e não há nenhuma fiscalização, seja de fiscais da prefeitura ou órgãos de segurança. Aliado a falta de educação de quem fica por ali aos finais de semana o amanhecer perto destes locais é deprimente. Parece um pós-guerra ou uma manifestação, como a que aconteceu em Porto Alegre pelo preço das passagens de ônibus. Nada contra ninguém se reunir ali. A gente também vai. Só não vale jogar as garrafas no chão.
Acredito que é preciso uma fiscalização, seja da Prefeitura, Ministério Público, Brigada Militar (BM), com os comércios que vendem bebidas naquele entorno responsabilizando pelo recolhimento. O trabalho da limpeza urbana também teria que ter um horário diferenciado nestes locais, inclusive feriados e finais de semana, para ao menos amenizar a situação.
Um caso conhecido de um acidente próximo a loja "Três Passos", envolvendo cacos de vidro, foi do jogador de futebol Fábio Alemão. Em um domingo a tarde passeava com sua filha quando pisou em um vidro, e mesmo de tênis, teve um corte profundo no pé que o tirou por trinta dias dos gramados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!