sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Prefeitura de Canguçu derruba barreiras em desvio do pedágio da Glória - Ecosul - BR 392

Manhã histórica no município de Canguçu. Nesta sexta-feira (23) a Prefeitura Municipal decidiu reagir aos bloqueios da empresa ECOSUL, nas estradas do município onde são utilizados desvios das cobranças do pedágio da BR 392 (Praça da Glória). Com máquinas e funcionários da Secretaria de Obras um grupo, liderado pelo prefeito Gerson Nunes, esteve no trecho onde estava uma barreira onde ficavam impedidos de passar no local veículos de maior porte.
Agora a Prefeitura lançou um decreto regulamentando a passagem de carros e caminhões no local. Muitos moradores da região que precisavam escoar a produção com sues caminhões não tinham acesso a estrada. Tinham seu direito de ir e vir bloqueado. Agora isso não mais existe. 
A Brigada Militar irá fazer a fiscalização do local, já que no decreto fica proibida circulação de bitrens e/ou rodotrens. Os moradores da região que precisarem utilizar veículos de maior porte, como os citados, devem pegar autorização na Secretaria Municipal de Obras, Trânsito e Serviços Urbanos para terem franqueada a utilização dos mesmos. Uma vitória da comunidade.



Prefeito Gerson e Secretário Neviton acompanharam a ação.




















Prefeito assina notificação informando as ações a ECOSUL.




Fotos: Augusto Pinz

14 comentários:

  1. Parabéns a Administração, há muitos anos a população vinha solicitando tais providencias e nada era resolvido, precisamos de atos e menos discurso e resultados na pratica.

    ResponderExcluir
  2. Isso chama-se postura, parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a todos os envolvidos nessa ação, bom se tivéssemos uma "segunda opção" nas demais pças de pedágios, visto sermos assaltados diariamente na cobrança absurda em nossas Brs ou que houvesse uma redução de no mínimo 50% nos valores atuais.

    ResponderExcluir
  4. Negativo! Se não fosse a pressão estaria a mesma coisa!!!

    ResponderExcluir
  5. isto se chama politica., derruba-se as barreiras mas mantem-se os interesses da ecosul., proibindo a passagem de caminhões., e o
    repasse da ecossul para a prefeitura continua garantido.

    ResponderExcluir
  6. O augusto te consagrou tem foto tuas nos principais meios de comunicação do Estado. Parabéns, e a nosso prefeitão do PT, o galo é bom mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns!!

    Agora os papéis se invertem... os caminhões tomam conta do desvio, e os carros pequenos serão obrigados a pagar o pedágio...

    Isso que eu chamo de solução BURRA!!

    ResponderExcluir
  8. Parabéns!! Agora os caminhões tomam conta do desvio e os carros pequenos serão obrigados a pagar o pedágio...
    Legítima "solução" BURRA!!!

    ResponderExcluir
  9. Parabens!!Uma grande vitoria para todos nós!

    ResponderExcluir
  10. pedro fernando tomaschewski24 de agosto de 2013 15:48

    PARABÉNS AO PREFEITO DE CANGUÇU.... ATITUDE C ORRETA, CORAJOSA E POPULAR, SEM SER DEMAGÓGICA.... ABSURDOS COMO ESSE DA ECOSUL, PREPOTÊNCIA E DESMANDOS DEVEM SER REPUDIADOS PELA POPULAÇÃO E POLÍTICOS HONESTOS E ÍNTEGROS.... NÓS, LOURENCIANOS, TAMBÉM ESTAMOS "DE OLHO"!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Desvios de pedágios e existem no mundo inteiro. Trata-se de uma opção que não pode ser usurpada do usuário. Ele é quem decide por onde andar e tem que ter opções. Oxalá esta ECOSUL sofra uma penalização fortíssima quiçá perder a concessão. Acompanhem isto e informem a grande imprensa pois era um absurdo isto que o Prefeito Gerson corrigiu agora. Parabéns a ele e ao povo da região de Canguçu!

    ResponderExcluir
  12. Concordo com Cariba. O direito de ir e vir da população não pode ser cerceado. Se a ECOSUL não fosse intransigente e parasse de cobrar pedágio pelos eixos erguidos de veículos pesados, nada disso era preciso. Você pensa que os caminhoneiros optariam pelo desvio se pagassem apenas o devido? Ou seja, pelos eixos que realmente estão rodando? Rodar vazio com eixo erguido é economia para o caminhão, mas o pagar pedágio por eles "no ar", é antieconômico. Pensem nisso.

    ResponderExcluir
  13. Eu queria ver o teor do Decreto nº 5.964/2013. Visitei várias páginas da prefeitura e não localizei. Onde ele está disponível online?

    ResponderExcluir
  14. agora tem que mandar a ecosul embora da regiaõ exploradores do povo claudemir kohler

    ResponderExcluir

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!