quinta-feira, 20 de março de 2014

Carro movido a Uísque

Uma empresa escocesa está criando biocombustível a partir de resíduos da produção do uísque. O projeto está em fase de testes e já conseguiu resultados satisfatórios.
Eu fico pensando, esse combustível faria sucesso por aqui. Já ia ter gente trocando o carro por modelos movidos a uísque. Bem pratico para quem gosta de "apertar" um "uísquinho" de vez em quando.
Imagina chegar no posto e mandar encher o tanque o frentista pergunta: "Do carro?", sim, porque vai dar uma dúvida se o motorista também não quer "abastecer". Ou então chegando no posto o frentista pergunta: "Vai abastecer, amigo?" e o cliente diz. "Não, meu velho. Só quero botar duas pedrinhas de gelo no tanque".
Ou já pensou se a polícia ataca o carro em uma barreira, o motorista cheio de garrafas de uísque poderá alegar. "Não, seu guarda. É combustível". Vai se safar!
Fico pensando também se apreendem o carro. Como vão fazer, levam para  o depósito ou para o pátio do AA para tratar o carro? Eu, heim!
Nos Estados Unidos já existe combustível feito com milho, base da bebida mais tradicional do país o Bourbon, o que torna o EUA o maior produtor de biocombustível do mundo. No Brasil, é utilizada cana-de-açucar que é matéria prima da cachaça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!