segunda-feira, 17 de março de 2014

HR - E ela não morreu..

Hoje (17) mais um fato do rádio. Durante um programa o apresentador noticiou:
" - Quero comunicar que recebi a informação que a "fulana" faleceu. Pessoa conhecida da comunidade, trabalhava na escola "tal"."
Bem, só um detalhe: A "fulana estava bem viva. Apesar de problemas de saúde permanecia vivinha da Silva. 
Um ruído na comunicação fez com que o apresentador confundisse a pessoa com outra que havia falecido. Para deixar ainda mais confusa a situação a pessoa que morreu também trabalhava na mesma escola.
Os familiares da pessoa que teve o nome divulgada como morta começaram a ligar para a emissora, assim como conhecidos querendo saber de onde surgiu essa informação. Daí o locutor que teve que se explicar que se confundiu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!