segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Entrevista com Presidente da ONG Brasil sem Grades (BSG)

A ONG Brasil Sem Grades (BSG) foi fundada em agosto de 2002, pelo empresário Luiz Fernando Oderich, após ter seu único filho, Max Fernando de Paiva Oderich, assassinado durante um assalto na cidade de Porto Alegre. Ela é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que tem como missão despertar a consciência da população brasileira através do desenvolvimento social e de ações voltadas para o combate às causas da criminalidade.

A BSG entende que as grades representam a tentativa de conviver com a criminalidade. O que é proposto à sociedade é enfrentar as causas: A falta de planejamento familiar; a falta de paternidade responsável e a legislação penal muito liberal.

Na tarde desta segunda-feira (04) o editor do site conversou com Luiz Fernando Oderich durante o programa "Liberdade Notícias - 2ª edição", da rádio Liberdade AM. Confira o áudio, na íntegra, abaixo:


2 comentários:

  1. Faltou um detalhe importante ,talvez o que mais mexe com a parte psicológica ,A MÍDIA ,ela compra ,vende ,induz aquilo que se quer e o povao segue desenfreadamente à risca,os costumes , a moda inclusos na meta ,tambem a educaçao ,esta se banalizou se deseducou a tal ponto que nao se tem mais vergonha ou pudor em escancarar cenas e proferir palavras até por vezes ofensivas e onde alguns autores usam merda como algo da criatividade ,porem nao sabem que estao se enterrando nela.

    ResponderExcluir
  2. Você, anônimo, é prova do que o Oderich fala está certo. Você tirando toda responsabilidade de suas costas jogando na mídia. A ONG prega educação ( e não ensino). Se a mídia tem papel ruim, é porque a situação é a que se apresenta e é noticiada assim. Começa por sua própria casa. Não é jogando nos outros nossas responsabilidades que se resolve!

    ResponderExcluir

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!