segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Provérbios 31-8


Onde colocamos a luz? - Lc 8,16-18

“Ninguém acende uma lâmpada para escondê-la debaixo de uma vasilha ou colocá-la debaixo da cama; ela é posta no candelabro, a fim de que os que entram vejam a claridade. Ora, nada há de escondido que não venha a ser descoberto. Nada há de secreto que não venha a ser conhecido e se tornar público. Olhai, portanto, a maneira como ouvis! Pois a quem tem será dado, e a quem não tem, até aquilo que julga ter lhe será tirado!”

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Predileção por Pessoas com passado duvidoso

É incrível a questão envolvendo o voto. Parece que o fator "Problemas na Justiça e Passado Questionável" são fatores importantes para uma eleição. Pelo menos é o que o eleitorado passa. Este mesmo eleitorado que depois reclama dos políticos mas neles vota.
Vejam o caso do candidato José Roberto Arruda (PR). Impedido de concorrer por ser considerado "ficha suja" nestas eleições ele LIDERAVA as pesquisas eleitorais do Distrito Federal onde concorria ao governo. Ele apareceu em rede nacional recebendo propina no famoso "Mensalão do DEM". Estava lá nas filmagens. E mesmo assim era o preferido pela população do estado.
Ouvia atentamente uma crônica no rádio onde falavam que em pesquisas aparecem Tiririca e Maluf como os possíveis candidatos a deputado federal mais votados do país. Um palhaço que disse que não tem ideia do que um deputado faz, passou quatro anos recebendo dinheiro público, não fez nada e ainda fez piada disso e os otários rindo e votando enquanto ele enche os bolsos. O Maluf, bem é o Maluf não vou perder tempo falando nada, nem precisa.
Portanto quem mantém essa gentalha (Kikoo) toda lá, são os eleitores. Até quando o eleitorado vai apoiar este tipo de conduta? É  para poder reclamar depois? Só pode!
Eu sonho muito por uma virada, quando os bons tomarão conta. Mas me parece muito distante...muito mesmo...
 

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Carlos Bezerra Jr.

Faz algum tempo que analiso o trabalho do vereador e, nos últimos quatro anos deputado, Carlos Bezerra Jr. 
Parlamentar do PSDB de São Paulo ele leva suas convicções cristãs para o parlamento e defende algo que eu acredito ser o ideal na política e na vida: "Fé sem obra é morta!! Política que não muda a vida das pessoas é igual é morta também".
Bezerra Jr. é autor de diversas leis que interferem diretamente na humanização da população de seu estado sendo reconhecido pela ONU. 
Parece, numa análise breve, um bom exemplo de boa política. Médico, filho de pastor evangélico e que se baseia nos passos do Mestre Jesus mostra o comprometimento que deveria ter todo aquele que é um ente público e que se coloca a serviço de uma comunidade.
Gostaria, muito, de conhecê-lo um dia e poder dizer isto pessoalmente. Quem sabe!

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Entrevista com Vereador Fininho

Na tarde desta segunda-feira (01) entrevistei o vereador Cledemir Gonçalves, o Fininho (PSDB). Ouça o bate-papo realizado durante o programa "Liberdade Notícias - 2ª Edição" apresentado por mim na Rádio Liberdade AM: