domingo, 18 de dezembro de 2016

Dez características de liderança destacadas por Buda

O Buda destacou dez princípios que um governante deveria possuir:
1. Dana –entregar-se
2. Sila – moralidade
3. Parricaga – generosidade
4. Ajjava – integridade
5. Maddava – bondade
6. Tapo – autocontrole
7. Akkhoda – não raiva
8. Avihimsa – não violência
9. Khanti – paciência
10. Avirodhana – aceitação

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

NOVO lança manifesto sobre Lava Jato

O partido NOVO (30) lançou manifesto defendendo a Operação Lava Jato. Leia:

O Brasil passa por um momento de crises: econômica e de representatividade política. Nosso modelo de Estado – intervencionista e grande arrecadador de impostos – tem se mostrado totalmente equivocado. Apesar dos altos custos, não consegue atender às necessidades básicas da população, e cria um ambiente propício à corrupção, desvirtuando o funcionamento das nossas instituições e nos aprisionando nesse quadro.

Nesse cenário, a Operação Lava Jato é fundamental. Ela explicita a prevalência de interesses privados em detrimento dos interesses da sociedade na gestão pública, expõe os mecanismos e responsáveis por essas práticas e inicia um saneamento do quadro político, condição absolutamente necessária para sua renovação.

Neste ambiente, onde instituições são questionadas e a ausência de lideranças confiáveis e com projetos para o País é um fato,  julgamos fundamental a adoção de uma postura serena, firme, objetiva e com visão de longo prazo. Precisamos ser precisos e simples na escolha das nossas reivindicações.

A manifestação não deve ser palco de nenhuma outra demanda, com o risco de sermos oportunistas, ingênuos e massa de manobra para terceiros. Há ainda muita coisa a ser feita, mas no momento a nossa pauta para o domingo dia 4 deve ser única: o apoio à Lava Jato e a repulsa a qualquer mecanismo que a prejudique.

Contamos com sua participação.

Equipe NOVO

terça-feira, 29 de novembro de 2016

FENAJ e Sindicatos homenageiam vítimas e solidarizam-se com os familiares dos atingidos pelo acidente na Colômbia

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Município do Rio de Janeiro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Rio Grande do Sul e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Santa Catarina lamentam profundamente o acidente aéreo ocorrido na madrugada desta terça-feira (29/11), na Colômbia, que provocou, segundo as autoridades colombianas, a morte de 75 pessoas, entre elas 21 profissionais de imprensa brasileiros, a maioria com a atuação no Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

O avião da empresa aérea Lamia transportava a delegação do time Chapecoense, que disputaria, amanhã, a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, em Medellin.  Com 81 pessoas, a aeronave caiu a cerca de 30 quilômetros do aeroporto da cidade. Seis pessoas sobreviveram, entre elas o jornalista Rafael Valmorbida Henzel, da Rádio Oeste Capital, de Chapecó.

A tragédia vitimou fatalmente profissionais de  jornalismo esportivo de jornais, emissoras de rádio e de televisão que fariam a cobertura jornalística da disputa. A FENAJ e os Sindicatos de Jornalistas do Município do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Santa Catarina prestam sua homenagem póstuma a esses profissionais e expressam sua solidariedade aos familiares e amigos de todos os atingidos nesse momento de dor.

Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Município do Rio de Janeiro

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de Santa Catarina

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do Rio Grande do Sul

29 de novembro de 2016

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Propostas para Administração Municipal em relação a Juventude em Canguçu/RS

Criação do PMJ – Plano Municipal da Juventude, um conjunto de propostas e ações construídas atrações do debate com jovens em escolas, associações, grupos das comunidades religiosas entre outros, conduzido pelo departamento ou secretaria ligado a Juventude em parceria com Conselho Municipal da Juventude. O plano nortearia as atividades da gestão.
Reformulação da Lei do Conselho Municipal da Juventude – Criado em 2008 e com efetiva atuação a partir de 2013 o CMJ apresentou necessidade de reformulação quando entidades pediram para não participar por não ter ninguém do perfil e idade. Outros grupos, não contemplados na Lei, surgiram e deveriam ter espaço. A partir de 2014 o conselho perdeu força e acabou esquecido. É importante reativá-lo para que seja parceiro na busca de atividades que contemplem os jovens de Canguçu.
Estabelecer parcerias para cursos de qualificação – Existem diversas entidades que podem oferecer cursos gratuitos, ou até com custos reduzidos, para qualificação dos jovens. Entre elas o Senar. Além da qualificação cursos voltados a realidade do campo evitariam o êxodo rural. Um problema enfrentado atualmente onde os jovens preferem ir para cidade a estar dando continuidade à produção familiar.  Um dos programas possíveis de parceria é o “Pronatec Senar” ensina a analisar avaliar, tomar as melhores decisões, colocando a técnica e a criatividade a serviço da produtividade e da lucratividade.
Manutenção do Pré-Enem Juventude Objetiva – Manter, através da parceria Secretaria de Cultura, Turismo, Juventude e Mulheres, o programa Pré-Enem que disponibiliza via Associação Educacional e Cultural Canguçuense (AECC) a realização de um curso preparatório para os jovens que realizarão o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). É preciso aumentar os valores repassados a AECC para reduzir ainda mais o custo aos jovens de baixa renda e buscar novas formas de atrair este jovem ministrando palestras em dias alternados ao curso motivando ainda mais para o estudo e a busca da qualificação. 
Encontro Municipal dos Estudantes/Seminário Municipal da Juventude – Realização de um evento reunindo as escolas do município em Agosto, mês que se comemora o dia do estudante em 11 de agosto, reunindo as escolas da cidade e do interior em evento mostrando atividades de destaque em cada escola realizadas pelos próprios alunos. A ação seria realizada pela estrutura da Secretaria de Educação e Esportes. Não esperar apenas pela Conferencia da Juventude que acontece somente a cada dois anos. O evento, inclusive, serviria de base para a própria convenção.
Somado ao evento no dia 12 de agosto é comemorado o Dia Internacional da Juventude.
Originalmente, o Dia da Juventude foi criado por iniciativa da ONU (Organização das Nações Unidas), em 1985, que foi considerado o Ano Internacional da Juventude.
No Brasil, o Dia da Juventude foi oficialmente decretado com a Lei nº 10.515, de 11 de Julho de 2002, instituindo o dia 12 de agosto como o Dia Nacional da Juventude.

Criação do Programa de Debates da Juventude – Um fórum, itinerante, de debates constante, com reuniões quinzenais, debatendo ações em escolas e grupos de jovens sobre temas atinentes a juventude como prevenção às drogas, emprego, sexualidade, esporte, entre outros. Programa realizado pela Secretaria de Cultura, Turismo, Juventude e Mulheres – que coordenaria – com agentes das secretarias de Saúde, Assistência Social, Educação dentre outras colaborando nas atividades e com logística. 
Valorização das Etnias – Promover atividades de valorização das etnias existentes no município com eventos envolvendo atividades populares trazendo os jovens para ações culturais em parceria com a municipalidade. 
Atividades Musicais em Encontros de Jovens – Durante os encontros dos jovens promoverem atividades músicas valorizando grupos de Rock, Hip Hop, Rap, Pagode, Colonial, Tradicionalista, e demais estilos musicais que representem os jovens do município. Incentivar clubes como “Clube do Rock” onde se reúnem amantes de determinado gênero musical e ali surgem diversos talentos.
Aprimoramento do projeto “Aprendizado de Galpão” – Projeto iniciado em 2013 pelo PSB o projeto “Aprendizado de Galpão” leva até jovens estudantes a cultura e tradição gaúcha. Os jovens vivenciam desde a dança, o canto, a poesia, até os costumes em uma dinâmica diferenciada.

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

08 de Outubro - Dia Nacional de Doação de Cordão Umbilical

Hoje temos no Brasil 12 centros de cordão umbilical públicos! Antes de nascer seu filho faça contato! Faça doação! Ir para o lixo não ajuda ninguém. O sangue do cordão umbilical é a medula óssea. Salva vidas!

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Dia da Secretaria - 30 setembro

No dia 30 de Setembro é celebrado o Dia da Secretária, data em que são homenageados os profissionais que auxiliam o trabalho de alguma outra pessoa, atuam como assessoras  na organização de atividades do dia-a-dia, rotinas administrativas, organização de eventos, viagens e demais tarefas, seja em um escritório ou como assistente pessoal.

As secretárias são o braço direito dos chefes, trabalham com dedicação, empenho, carinho e facilitam a vida deles, sendo uma peça de muita importância para o funcionamento da empresa. 

Não conseguiríamos ser tão eficientes se não tivéssemos a ajuda destas profissionais versáteis e essenciais.

Curiosidade:

A origem do Dia da Secretária está ligada a Lilian Sholes, que foi a primeira mulher a datilografar em uma máquina de escrever em público. Lilian estava testando o invento de seu pai Christopher Sholes, que havia criado um novo tipo de máquina de escrever.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

gadget da caixa de pesquisa do Blog sofrerá alteração

Não sei se os demais blogs também receberam esta informação, caso a resposta seja negativa vejam o que nos informa o blogger para os próximos dias:


Em 29 de setembro de 2016, o gadget da caixa de pesquisa neste blog só apresentará os resultados da pesquisa deste blog. Os resultados da pesquisa das páginas vinculadas nas suas postagens, na Web ou na lista de blogs, e os gadgets da lista de links não serão mais apresentados.

21 de Setembro - Dia do Radialista


quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Precisamos diminuir o número de partidos políticos

O Brasil tem hoje 35 partidos políticos, e outros 34 estão na fila do TSE para serem criados. Muitos são apenas siglas, legendas de aluguel que, mesmo sem receberem nenhum voto, terão direito ao dinheiro do fundo partidário e à propaganda em TV e rádio . Reportagem do jornal O Tempo mostra que o Partido da Causa Operária (PCO), por exemplo, que elegeu apenas um vereador em 21 anos de existência e tem menos de 3 mil filiados, recebeu R$ 1,3 milhão do fundo partidário em 2015 (informações da assessoria do senador Álvaro Dias (PV)

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Nilso Pinz assume como acadêmico da ACANDHIS

Nilso Pinz, meu Pai, foi convidado para ser sócio da Academia Canguçuense de História (ACANDHIS) fruto de suas pesquisas pela cultura Pomerana. Momento de alegria para nossa família do reconhecimento merecido do trabalho dedicado e amoroso realizado por ele com esta importante etnia valorizando a cultura Pomerana.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Campanha busca doador compatível para o jovem Rafael

Mais uma mobilização está envolvendo um grande número de pessoas em prol da luta de um jovem crioulista. Uma campanha iniciada por família e amigos está buscando doadores compatíveis para o menino Rafael Anderson Kair Filho, menino de apenas 12 anos que sofre de leucemia e necessita de um transplante de medula óssea.

O rapaz - filho de Marcelo Alexandre e Giselle Fernanda Maidl, proprietários da Cabanha Quinta dos Ganchos, localizada em Governador Celso Ramos/SC - luta contra a doença desde o ano de 2011 e recentemente teve a descoberta da necessidade do transplante. Como as chances de compatibilidade são pequenas, Rafael conta com a colaboração e solidariedade de todos em busca de encontrar o doador certo.


Paixão que mobiliza
Admirador do mundo do cavalo e do campo, Rafael tem levado consigo essas paixões, que vão acompanhando o rapaz em sua luta. É também por isso que um grande número de pessoas ligadas ao universo equino e campeiro - como criadores da raça Crioula, investidores, artistas e competidores - tem demonstrado total apoio à causa, auxiliando na divulgação da campanha através das redes sociais.

Além disso, mais uma demonstração de carinho foi feita recentemente pela família desse jovem batalhador. Para a alegria do menino, no dia 27 de agosto, os pais adquiriram uma cota de Harmonia Temprano, cavalo que, um dia depois, se tornou Freio de Ouro.

Como ajudar?
Para fazer o teste de compatibilidade é simples, basta se dirigir ao hemocentro mais próximo - independentemente da localidade - e informar o nome completo do jovem. O procedimento é rápido e semelhante a uma retirada de sangue para exames de laboratório - já que 5 ml são suficientes.

Qualquer pessoa entre 18 e 55 anos com boa saúde poderá doar medula óssea.  Caso você não seja compatível com o Rafael, o seu nome ficará registrado no Cadastro Nacional de Doadores de Medula Óssea e você poderá auxiliar algumas das outras milhares de pessoas que aguardam pelo transplante no país.

Mais informações podem ser encontradas na fanpage da campanha: www.facebook.com/todosporumamedula

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Recebemos em Bitcoin!

Bitcoin é uma forma de dinheiro, com a diferença de ser digital e não ser emitido por nenhum governo. Para transações online, é a forma ideal de pagamento, pois é rápido, barato e seguro. É uma tecnologia inovadora. "Uma moeda de internet" como alguns definem.
A valorização do Bitcoin muda conforme a existência da moeda no mundo virtual. Atualmente 1 Bitcoin equivale a $ 602.99, aproximadamente, o que equivale a quase R$ 2 mil. Mas isso a unidade. O Bitcoin também é utilizado em frações. Por exemplo: R$ 50,00 equivalem a 0,025 Bitcoin.

Para os pagamentos basta usar o QR code da imagem ou a sequência: 
14JF8sUQXtyn7ztGm4SisAu7gJnbjB4gSg

Como nossos blogs (SLS EM FOCO, CGU EM FOCO e EM FOCO NOTÍCIAS) são independentes, aceitamos doações e pagamentos de publicidade em Bitcoins. 

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Setembro Amarelo: Campanha de conscientização e prevenção ao suicídio

O mês de Setembro é de conscientização e prevenção ao Suicídio, divulgue esta campanha, nos ajude a salvar vidas! 

No ano de 2015 a Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, em parceria com o Conselho Federal de Medicina - CFM, criou a cartilha “Suicídio: informando para prevenir”, que fala sobre como abordar um paciente, explica de que forma as doenças mentais podem estar relacionadas ao suicídio, os fatores psicossociais e dados atualizados sobre o tema.

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Três dias antes do prazo, polonês leiloa medalha de prata e banca cirurgia de menino com câncer

Com três dias de antecedência, o polonês Piotr Malachowski encerrou o leilão de sua medalha de prata conquistada nos Jogos Rio 2016. O segundo colocado no lançamento do disco usará o dinheiro arrecadado para pagar o tratamento de um menino de cinco anos com câncer no olho.

Segundo o próprio atleta, o motivo pela interrupção do leilão antes do prazo aconteceu por conta do montante necessário já ter sido alcançado.

Foto: Fabrice COFFRINI / AFP

A medalha de prata foi arrematada por um dos casais mais ricos da Polônia, Dominika e Sebastian Kulczyk. Até terça-feira, o lance chegava à casa dos R$ 60 mil.

Após ganhar a prata, no dia 13 de agosto, o atleta foi procurado pela mãe do garoto, que também é polonês. Na ocasião, explicando a gravidade da doença, ela disse não ter condições de custear o tratamento em Nova York. Sensibilizado, o atleta disse que tentaria fazer sua medalha atingir o valor necessário para ajudá-la.

Através de sua conta no Facebook, explicou a situação da criança e que estava tentando fazer sua medalha aumentar de valor para quem precisa.

Malachowski estava à procura de cerca de US$ 84.000 (R$ 272 mil) para que o garoto pudesse realizar a cirurgia em Nova York.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Brasileiros navegam na internet mais do que americanos

Os brasileiros estão no topo do ranking dos que mais navegam na web nos países da América do Norte. De acordo com uma pesquisa organizada pela Worldwide Independent Network of Market Research (WIN), 95% dos internautas do país acessam a rede diariamente, mais do que o Canadá (84%) e os Estados Unidos ( 77%). O Brasil também está na frente na frequência de uso de televisão e no consumo de conteúdos on demand. 

O estudo, realizado no Brasil pelo Ibope Inteligência, por meio de sua unidade de pesquisas online, mostra que TV e internet são meios complementares, já que 72% da população de nove países das Américas navegam na web para buscar informações sobre algo que viram na televisão. Isso ocorre especialmente no Brasil, onde 96% dos entrevistados afirmaram fazer isso. A tendência se confirma na Colômbia (84%), Canadá (84%), EUA (73%), México (62%), Equador (41%), Panamá (38%) e Peru (37%).
O hábito de assistir TV pelo smartphone também está se tornando comum, sobretudo no Brasil, onde isso já é praticado por 29% dos participantes do levantamento, mesma proporção que nos Estados Unidos. Na média das Américas, 24% dos habitantes assistem televisão pelo smartphone. O uso é mais comum em casa (69%) e em transportes como ônibus e metrô (52%).
Quando o assunto é assistir filmes e programas de TV por meio de serviços on demand, como Netflix, o Brasil é referência. No país, 49% assistem, no mínimo, semanalmente, o que coloca o Brasil no topo do ranking, junto com os Estados Unidos. A pesquisa foi realizada em maio de 2016 e contou com a participação de 1.004 internautas.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Em campanha focada nas Olimpíadas, RSF alerta sobre perigo de ser jornalista no Brasil

Uma campanha da Organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), lançada na última quarta-feira (3/8), alerta sobre o perigo de ser jornalista no Brasil, que se tornou o segundo país da América Latina mais mortal para os profissionais de imprensa.
Segundo a EFE, a ação divulgada na véspera do início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (RJ), com o lema "Algumas vitórias não merecem medalha", indica que 22 jornalistas foram mortos no Brasil, em crimes relacionados com a profissão, desde as Olimpíadas de Londres, em 2012.

De acordo com a entidade, em grande parte dos assassinatos, os profissionais cobriam ou investigavam temas relacionados com corrupção, políticas públicas e crime organizado em cidades pequenas e médias. A ONG cita ainda a violência contra jornalistas durante as manifestações de 2013 e 2014.

"A forte polarização política do país contribuiu para criar um clima de desconfiança com os jornalistas (...) insultados e agredidos pelos manifestantes que os associam com as linhas editoriais de seus meios de comunicação", observa, ao acrescentar que o país não tomou nenhuma medida para solucionar o problema.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

25 dicas para a campanha eleitoral - César Maia

1. O fracasso é certo quando se tenta agradar todo mundo. Escolha o seu lado, o seu discurso.
2. O seu adversário de votos é quem pensa como você ou se dirige ao mesmo perfil de eleitor.
3. O seu antagônico é atacado só para lhe dar nitidez.
4. Primeiro o eleitor decide em quem não se deve votar. Ajude.
5. Eleição é como lavoura. Os meios de comunicação irrigam. Mas só o contato direto semeia.
6. Candidato que se explica, perde.
7. Tenha sempre a iniciativa. Jogue com as peças “brancas”.
8. Discuta só o tema que você propôs. O tema proposto pelo adversário deve ser simples ponte para você chegar ao seu.
9. Candidato tem que se comprometer.
10. Em debates perguntar é sempre mais arriscado que responder. Na resposta você fala por último. A pergunta tem que imobilizar o adversário e impedi-lo de mudar de tema.
11. O tema honestidade é visto pelo eleitor de outra forma. O tema certo é CONFIANÇA.
12. A comunicação de campanha tem que mostrar que os valores do candidato são os mesmos do eleitor. Valores e crenças básicas são a base da campanha.
13. A linguagem do marketing político é a do marketing de valores e não do marketing comercial.
14. O eleitor vota racionalmente, embora com pouca informação. Ou seja: relaciona causa e efeito.
15. O centro é o alvo, não é o ponto de partida. Ou seja, se parte desde posições nítidas para se atingir espaços políticos de centro.
16. O voto mistura crenças e conjuntura. Esquecer quaisquer das duas é perder a eleição.
17. Não necessariamente divulgue a agenda. Só a que interessa.
18. As pesquisas mexem com o animus de campanha. E com o financiamento.
19. Não ataque diretamente. Use “ouvi falar”, “dizem”, “soube”, ou na TV locutor ou testemunhais.
20. Os ataques devem ser desconcertantes, surpreendentes. As agressões (gritos e palavras chulas) ofendem o eleitor.
21. Currículo não ganha eleição. O que ganha eleição é capacidade de desenvolver a campanha. É a campanha.
22. O eleitor vota pragmaticamente. Ele já sabe como usar as pesquisas. O voto útil é fundamental e já ocorre no primeiro turno.
23. Não ataque todas as candidaturas no primeiro turno. Você precisará de uma delas, pelo menos, no segundo turno.
24. Referência ao Impeachment de DILMA ajuda o eleitor a te localizar politicamente.
25. As Redes Sociais são muito mais fortes para o NÃO que para o SIM. 

terça-feira, 26 de julho de 2016

15 direitos que os consumidores muitas vezes não conhecem

Para esclarecer dúvidas sobre esta relação nem sempre harmoniosa entre consumidores e estabelecimentos comerciais, o Diário Gaúcho pediu ao advogado Lisandro Adames, especialista em direitos do consumidor que assina uma coluna no DG sobre o tema, para elencar alguns dos direitos que a maioria dos consumidores não sabe que tem.

Confira as orientações do especialista:

1 - Depois de pagar suas dívidas, seu nome deve estar "limpo" em até cinco dias


Foto: Arte DG / Arte DG
Após o pagamento das contas atrasadas, o consumidor deve ter seu nome retirado dos órgãos de proteção ao crédito em, no máximo, cinco dias. Se isso não acontecer, procure o Procon da sua cidade. Se não adiantar, ingresse no Juizado Especial para solicitar a imediata retirada e danos materiais e morais.

2 - Ninguém é obrigado a contratar seguro de cartão de crédito

Se houver insistência ou a cobrança for constatada, ligue para a central do cartão, anote o número de protocolo e exija a retirada da cobrança do seguro. Se isso não acontecer, você pode ingressar no Juizado Especial. Mas fique atento: sempre antes de aceitar um cartão de crédito, é preciso ler o contrato, que pode estar na internet ou disponível no seu banco.

3 - Há possibilidade de trocar um produto mesmo fora do prazo de garantia

O fornecedor deve responder por defeitos de fabricação, até mesmo fora do período de garantia, quando houver algum "vício oculto". Mas o que isso significa? São aqueles defeitos que não são aparentes, como, por exemplo, uma peça de um automóvel, que só foi possível reparar a imperfeição após o uso. Se o fornecedor se negar a ressarcir esse tipo de dano, procure a Justiça.

4 - Bancos são obrigados a oferecer serviços gratuitos


Foto: Arte DG / Arte DG
Uma quantidade mínima de serviços gratuitos deve ser oferecida pelos bancos, como o fornecimento do cartão de débito, a realização de até quatro saques e duas transferências por mês, além de dois extratos e dez folhas de cheque mensais. Se fizer essa solicitação e não for atendido, o consumidor deve denunciar a instituição ao Banco Central. Se o problema persistir, é preciso levar o caso à Justiça.

5 - É possível desistir da compra de uma passagem de ônibus para outra cidade

As passagens de ônibus têm validade de um ano. Ou seja, se desistir de viajar para outra cidade no dia ou horário da passagem comprada, é preciso informar a empresa de transporte com, pelo menos, três horas de antecedência. Assim, será liberada a vaga no ônibus para que a empresa possa vendê-la e você terá o direito de escolher outra passagem no prazo de um ano.

6 - Perda da comanda não pode implicar pagamento de multa

A perda da comanda em bares, restaurantes e danceterias não pode obrigar o consumidor a pagar um valor de multa. Cada pessoa deve pagar somente o que consumiu, pois esse controle deve ser do estabelecimento. Se a multa for cobrada e o consumidor estiver impedido de sair do local, é preciso ligar para o 190 e chamar a polícia, para que a situação seja resolvida por meio de um registro de ocorrência. A outra solução é pagar o valor que o estabelecimento estipulou e exigir nota fiscal ou recibo do pagamento efetuado. Feito isso, denuncie o estabelecimento ao Procon e entre na Justiça para ser ressarcido do pagamento indevido. Nesses casos, é possível, até mesmo, cobrar danos morais.

7 - Não existe valor mínimo para compra com cartões de crédito ou débito


Foto: Arte DG / Arte DG
Se um estabelecimento comercial aceita cartões de crédito ou débito como forma de pagamento, precisa admitir o uso para qualquer valor. Se não conseguir, denuncie ao Procon.

8 - Se desistir de um curso pago antecipadamente, o dinheiro deve ser reembolsado

Se o consumidor desistir de fazer um curso antes do início das aulas, tem direito a receber o valor das mensalidades pagas antecipadamente, descontando-se uma multa de, no máximo, 10% sobre o valor pago. Caso a desistência ocorra após o começo das aulas, pode ser retido apenas o montante referente à matrícula. Se o dinheiro não for devolvido ou o cancelamento não for permitido, procure a Justiça.

9 - Taxa de 10% aos garçons não é obrigatória

O pagamento dessa taxa de 10% é facultativo. Ou seja, o consumidor pode escolher se quer pagar ou não. Caso não queira, basta pedir a retirada da cobrança na hora do pagamento da conta. Se o estabelecimento insistir em recolher essa quantia, faça denúncia ao Procon.

10 - Produtos comprados pela internet têm até sete dias para serem trocados


Foto: Arte DG / Arte DG
O consumidor tem direito de desistir de uma compra feita pela internet em até sete dias corridos após o recebimento do produto. Se o estabelecimento se negar a trocar ou devolver o dinheiro, procure a Justiça. Lembre-se de que o produto precisa estar em perfeito estado.

11 - Lojas não podem omitir informações e preços de produtos nas prateleiras

Toda loja deve expor preços e informações dos produtos nas estantes onde estão colocados. Inclusive, se houver diferença no preço parcelado, é preciso estar descrito. Se o estabelecimento não cumprir essa norma, tire uma foto e denuncie o caso ao Procon.

12 - Estabelecimentos não podem exigir consumação mínima

Ninguém é obrigado a consumir um valor determinado pelo estabelecimento. Essa prática é considerada pela Justiça como "vantagem excessiva" aplicada contra o consumidor. Se o estabelecimento insistir na cobrança, você pode pagar e exigir que conste na nota fiscal ou recibo que o valor se refere à consumação mínima. Com isso, é possível fazer um boletim de ocorrência na Polícia Civil e ingressar em juízo para ser reparado nos danos materiais, que foi o valor pago indevidamente e em danos morais, por ter sido constrangido a pagar por valor indevido. Quando o estabelecimento estiver oferecendo um show ou concedendo um serviço especial, deve especificar o motivo da cobrança extra de forma clara e, nunca, em forma de consumação mínima.

13 - Não é permitida cobrança de multa por suspensão de serviços de tevê e internet


Foto: Arte DG / Arte DG
É possível suspender serviços de tevê por assinatura e internet uma vez por ano sem custo algum. Porém, o serviço de religação poderá ser cobrado. Mas se foi vinculada a venda de algum aparelho no contrato, pode haver tempo de fidelidade. Caso contrário, o único custo possível ao rescindir o contrato do serviço é referente ao valor da instalação e da retirada dos aparelhos que pertencem à empresa.

14 - Se uma ligação de celular cair, é possível ligar de novo sem pagar a mais por isso

Se uma ligação de celular for interrompida, você pode repeti-la em até 120 segundos. Se constatar, posteriormente, que a ligação foi cobrada, reclame no "Fale Conosco" da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), cadastrando-se no site www.anatel.gov.br.

15 - Pertences furtados de dentro do carro em um estacionamento são responsabilidade do estabelecimento

A responsabilidade por qualquer dano ocorrido dentro do estacionamento é do proprietário do local. Mesmo que tenha uma placa ou cartaz informando que não se responsabiliza por objetos deixados no interior do veículo, eles têm responsabilidade. A regra, descrita em uma súmula do Supremo Tribunal Federal, diz que "a empresa responde, perante o cliente, pela reparação de dano ou furto de veículo ocorridos em seu estacionamento". Sendo assim, se o estabelecimento não lhe ressarcir, procure a Justiça.

Como consultar os órgãos competentes:

/// O Procon tem atendimento em mais de 80 municípios gaúchos. Se você mora em alguma cidade onde existe Procon, basta ligar para o telefone local (confira a lista no site). Mas, se onde você mora não há atendimento do órgão, ligue para o Procon Estadual, no telefone (51) 3287-6200. O atendimento ocorre de segunda a sexta, das 10h às 16h. Para quem mora em Porto Alegre, também é possível fazer a reclamação pela internet, no site do Procon Municipal.

/// Para acionar o Juizado Especial, que atende casos considerados mais simples e que não necessitam, obrigatoriamente, do auxílio de um advogado, é preciso ir, presencialmente, ao fórum mais próximo. Para saber qual é o mais perto de sua casa, acesse o site do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e busque a seção "Comarcas" ou ligue para o telefone (51) 3210-6582.

/// São três as maneiras possíveis de reclamar de uma instituição financeira ao Banco Central. Uma delas é por meio do telefone 145, de segunda a sexta, das 8h às 20h. Outra é presencial. Contudo, no Estado, é possível fazer apenas em Porto Alegre, na Rua 7 de Setembro, 586, das 9h às 16h. A terceira é pela internet, no site do Banco Central.

/// Pessoas que ganham até três salários mínimos (R$ 2.640) ou estão em condição de vulnerabilidade social podem pedir auxílio à Defensoria Pública Estadual. O órgão poderá lhe ajudar com orientação jurídica e no momento de propor uma ação. Para buscar o telefone e endereço referente ao seu município, é preciso entrar no site da Defensoria e procurar a aba "Plantões e Locais de Atendimento", no lado direito da tela. Nesse espaço é possível pesquisar por cidade e também por uma Comarca específica.

Campanha CORAÇÃO AZUL - Disque 100 ou 180

Uma iniciativa de conscientização para lutar contra o tráfico de pessoas e seu impacto na sociedade.
A campanha Coração Azul busca encorajar a participação em massa e servir de inspiração para medidas que ajudem a acabar com o tráfico de pessoas.
A campanha permite que todas as pessoas demonstrem sua solidariedade com as vítimas do tráfico de pessoas, usando o Coração Azul.

E o Coração Azul?
O Coração Azul representa a tristeza das vítimas do tráfico de pessoas e nos lembra da insensibilidade daqueles que compram e vendem outros seres humanos. O uso da cor azul das Nações Unidas também demonstra o compromisso da Organização com a luta contra esse crime que atenta contra a dignidade humana.

Da mesma forma que a fita vermelha se tornou o símbolo internacional da conscientização sobre o HIV/aids, esta campanha busca fazer do Coração Azul o símbolo internacional da luta contra o tráfico de pessoas. "Vestindo" o Coração Azul, você ajuda a conscientizar sobre o tráfico de pessoas e adere à campanha para lutar contra esse crime.

Saiba mais CLICANDO AQUI

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Sonho Realizado: Aniversário Solidário

Eu tinha um sonho antigo. Fazer uma ação social em um aniversário. Graças a Deus tenho tudo que preciso. Mas, ainda assim para nossa evolução precisamos fazer o bem. E por esse motivo pedi ajuda dos amigos para que presenteado fosse com alimentos para que o meu presente final fosse poder ter condições de fazer uma doação a uma entidade assistencial. E assim foi. Confira o que foi divulgado no site Canguçu em Foco e jornais da região Sul do estado:

O Centro Promocional Madre Madalena, no bairro Vila Nova, em Canguçu, recebeu na manhã desta segunda-feira (18) doações de alimentos arrecadados durante a última semana pelo editor do site Canguçu em Foco, jornalista Augusto Pinz. A atividade fez parte do "Aniversário Solidário" do jornalista que completou 33 anos no dia 17 de julho. 
A ação consistiu em pedir doação de um quilo de alimento não perecível como presente para amigos. As doações foram entregues na Rádio Liberdade AM até dia 16 de julho. A arrecadação surpreendeu com um grande número de alimentos entregues. "Pessoas das mais variadas classes sociais, tanto da cidade quanto do interior, participaram promovendo uma ação que me deixou muito feliz. Isso me proporcionou aniversário especial e inesquecível, que Deus recompense todos que colaboraram e ajudaram a divulgar".
Além da divulgação na Rádio Liberdade AM foi importante a divulgação nas redes sociais, como facebook, por exemplo, de onde também surgiu grande colaboração.
O Centro Promocional Madre Madalena atende 60 crianças em turno inverso ao da escola e tem supervisão das Damas de Caridade. Doações de alimentos - em especial carne - e de produtos de limpeza podem ser entregues no local. O horário de atendimento é das 07h30min às 16h00. Maiores informações 3252-7582.

REPERCUTIU

Jornais Diário Popular e Tradição Regional divulgaram nossa ação. Muito Obrigado. 


sexta-feira, 15 de julho de 2016

Estudo da UCPel analisa a violência simbólica presente no Facebook

O Brasil é campeão mundial no consumo de mídias sociais. São cerca de 650 horas mensais dedicadas às redes sociais. Estudar esse novo universo, cheio de regras próprias, foi o que motivou a mestre em Linguística Aplicada do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Católica de Pelotas (PPGL/UCPel), Letícia Schinestsck, a dedicar sua atenção e estudo. E seu interesse recaiu, em especial, sobre a violência simbólica presente no Facebook.  
Conforme dados do Pew Reserarch Center, 60% dos usuários da rede apontaram já ter visto alguém ser xingado no espaço e 27% já foi xingado. Outros dados levantados por Letícia mostram que 22% dos usuários alguma vez já foram constrangidos intencionalmente e 53% presenciaram alguém sofrendo constrangimento. “Com meu estudo, quis saber de que forma as indiretas reproduzidas no Facebook podem caracterizar algum tipo de violência simbólica que ameaça a representação online dos usuários”, explica.
As páginas fictícias Olha só Kiridinha, Félix Bicha Má e Dicas Dollynho foram escolhidas devido à influência e engajamento, que podem ser medidos por número de curtidas, comentários e, em especial, compartilhamentos. “A violência simbólica na rede reproduz o valor e estigmas que já estão historicamente construídos”, comenta, ao justificar que muitas vezes essa manutenção não é consciente. “Na internet é muito forte o jogo entre palavras e imagens, e seus recursos e possibilidade são inúmeras”. 
Fixar o outro como inferior, estigmatizar um grupo e afixar rótulos são alguns dos motivos que levam usuários a compartilharem posts com mensagens: "Kirida, ou você fala mal da pessoa ou você posta foto com ela. As duas coisas fica feio"; "Por um mundo onde a sua inveja me renda dinheiro"; "Sou desses que curte uma indireta sabendo que é pra mim, só pra deixar a pessoa com mais raiva"; "Quando me sinto feio visito o Facebook das inimigas e isso me conforta"; "Para de achar que tudo é indireta para você, você é insignificante" e "Seje um skinhead da cor do pecado".    
“Quando eu realizei o trabalho, a questão das indiretas estava muito forte e acabei achando curioso que quem compartilha esse tipo de post opta por marcar amigos ao invés das pessoas a quem a mensagem se destina”, comentou. De acordo ela, que atualmente realiza seu doutorado na UCPel, o usuário que compartilha um post como os das páginas analisadas precisa ter um engajamento e identificação muito forte porque imagem e mensagem passarão a ser fixados no perfil de quem compartilhou. “O post de certa forma passa a te representar e também constrói a tua identidade na rede social”, disse. 
A representação online do selfie, ou seja, como pessoas constroem a sua personalidade dentro da rede social, também foi tratado no trabalho de dissertação. “O usuário vai dando recortes sobre determinados temas e situações que vão definindo sua personalidade”, contou. Quando alguém compartilha uma das mensagens estudadas, como “Por um mundo onde a sua inveja me renda dinheiro”, algumas das hipóteses são de que ela quer dizer que é muito boa para causar inveja, ou ainda que gostaria de ser invejada, explica a doutoranda. 

Indiretas na timeline

  Já que boa parte dos usuários que compartilha as imagens dos três perfis estudados não marca as pessoas para quem a indireta se destina, o real alvo precisa se identificar para entender a mensagem como sendo destinada a ela. “A carapuça precisa servir muito para a pessoa pensar: ‘Olha o que ela falou para/de mim'”, justifica. Conforme a pesquisadora, quando se diz de forma implícita aquilo que se pensa, acredita ou deseja, garante-se, pelo menos, maior isenção das responsabilidades sobre os conteúdos proferidos.    
No perfil Olha Só Kiridinha, por exemplo, as postagens trabalham com a legitimação do cinismo e ameaça. “Quem fala não é qualquer pessoa, é a Audrey Hepburn, uma das mulheres mais bonitas de Hollywood, um ser que aparenta ter uma narrativa superior, por ser perfeita e cutucar seus subordinados”, atenta. 
Conforme Letícia, a escolha do personagem Dollynho (representado por uma garrafa pet) associada a montagens de imagens caseiras choca pelo grotesco e reforça a violência simbólica. “Eles utilizam posts pesados com a intenção de abalar. Muitas vezes os comentários da publicação são bem piores do que o texto que acompanha a imagem”. 
Já para que o usuário entenda o perfil Félix Bicha Má, que teve início em uma novela da Rede Globo, ele precisa ter acesso a um histórico das características que o personagem apresentava. “O dono do perfil do Félix se apropria de uma cena recortada e inserida com o discurso semelhante ao do personagem da TV, mas refeita com características comuns ao espaço online”, comentou. O perfil atrai pelo humor e demonstra frequentemente que para amenizar um sentimento negativo o usuário busca outras personas para elevar o seu status. 
Para a pesquisadora, o jogo com as imagens no Facebook é muito representativo. “Se tu não souberes quem foi a Audrey Hepburn, por exemplo, a mensagem não será a mesma”, avaliou. Ao compartilhar uma imagem, o usuário se utiliza da representação do conteúdo para se autodefinir.  “Eu gostaria de ser uma pessoa importante, mas como eu vou parecer importante sem fazer coisas importantes? Eu vou lá e coloco no Face que eu sou importante e por isso me invejam, aí pareço importante”, comenta.  

Orientações de utilização

Para fazer a análise de seis publicações (sendo duas de cada um dos perfis citados acima), Letícia se utilizou da teoria Conversação Mediada por Computador (CMC), que tem a professora da UCPel e pesquisadora Raquel Recuero como uma das pensadoras. Por ser um ambiente online e não existir o contexto visual e verbal, por exemplo, novos elementos passam a ser importantes para o entendimento da mensagem. 
  “Estrutura, interação, sentido, comportamento social, comunicação multimodal são tópicos importantes para a análise que foi embasada no método chamado de Computer-Mediated Discourse Analysis”, pontua. Letícia chama a atenção sobre a necessidade da população usuária do ambiente online, e em especial às mídias socais, entenderem a dimensão da mediação. “O usuário, quando posta, acha que poucas pessoas vão visualizar, mas existe uma teoria chamada audiência invisível, isto é, um público que nos observa e que jamais teremos plena convicção de quem se trata, por mais que tenhamos alguns palpites”, informa. 
Outro ponto destacado por Letícia é o cuidado que usuários precisam ter com o algoritmo do Facebook, que aproxima pessoas com pensamentos parecidos. “Isso pode gerar a ilusão que a sua opinião é compartilhada pela maioria das pessoas”. De acordo com a pesquisadora, muitas pessoas têm dificuldades de usar as redes e acabam divulgando fotos inapropriadas ou ainda expondo de forma demasiada a sua vida sem refletir sobre o que está tornando público.  

Atuação
A doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Letras da UCPel é integrante do grupo de Pesquisa em Mídia, Discurso e Análise de Redes Sociais (MIDIARS), sediado na Católica e coordenado pela pesquisadora e professora Raquel Recuero, também responsável pela orientação da dissertação. Ela também integra o Laboratório de Análise de Discurso (LADIC), também sediado na UCPel e coordenado pela professora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Rebeca Recuero. Letícia ainda é professora do curso de Jornalismo da Universidade da Região da Camanha (Urcamp), onde é responsável pelas disciplinas que abordam a temática redes socais e jornalismo. 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Comunidade Renascer, combate de dependência química, pede ajuda

A luta continua, é permanente. As necessidades também. Assim é a “vida” na Comunidade Terapêutica Renascer, com suas atividades de prevenção e combate à dependência química. A manutenção da estrutura da entidade prestadora dos serviços de apoio é o que mais pesa para os seus gestores. Além da sede e triagem, em Pelotas – rua General Neto, 491 – são duas unidades de acolhimento, masculino e feminino. As duas na zona rural do município, mais precisamente no distrito Monte Bonito. Na unidade masculina estão atualmente 38 internos; na feminina, 18.

“Precisamos de toda a ajuda possível para que possamos manter o serviço dentro de uma proposta digna, como sempre foi o objetivo da entidade”, observa o coordenador geral, Luciano Vargas, lembrando que atualmente a entidade passa por um processo de reformulação administrativa em prol da manutenção dos seus objetivos.

O gestor lembra também que atualmente a entidade recebe ajudas diversas, principalmente de alimentos para atender a demandas das casas de acolhimento. “Existem alguns parceiros que ajudam nessa necessidade”, confirma. Mas ainda é pouco.

A Comunidade Renascer existe há sete anos, sempre no combate à dependência química. Segundo o gestor, quem pode pagar pelo tratamento paga, quem não pode, não paga.

Dentre as ações desenvolvidas pela Renascer com vistas à arrecadação de recursos para ajudar no custeio dos seus serviços, está rolando o projeto “Eu acredito: resgatando vidas”, que busca sensibilizar pessoas no sentido de ajudar a “causa”. Qualquer pessoa por ajudar com qualquer quantia. É só fazer contato com a entidade, que também recebe apoio de voluntários nos serviços que são prestados.

“A casa está aberta à visitação da comunidade para que todos conheçam o nosso serviço à disposição dos dependentes químicos”, diz Alex Oliveira, coordenador administrativo.

CONTATOS – Qualquer contato com a Comunidade Terapêutica Renascer pode ser feito na sede, ou pelos telefones (53) 3305-7053, 8127-8213, 8425-2183, 8461-0583 e 8432-8030.

sábado, 2 de julho de 2016

CANGUÇU - ONG Morena Flor precisa de doações

Para que possa saldar dívidas referentes a medicações e procedimentos veterinários nos animais abrigados pela ONG Morena Flor, de Canguçu, a diretora da entidade, Sandra Moreira, pede ajuda com doações em dinheiro que podem ser de qualquer valor através de depósito na conta da mesma ou nas empresas: VITAL PET, Comercial Prado e Agropecuário QUERO-QUERO em nome da ONG Morena Flor.
Ajuda a causa animal no município. Este trabalho importante não pode parar!

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Campanha de fundação francesa mostra abandono animal e viraliza na internet

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que no Brasil existem quase 20 milhões de animais em abandono. Para colocar o assunto em debate, a fundação francesa 30 Millions d'Amis lançou uma nova campanha.
O vídeo mostra a diferença de comportamento entre um cachorro e seu dono. Enquanto o cão permanece ao lado do homem em todos os momentos, o homem não pensa duas vezes em deixar o animal na primeira oportunidade que encontra.

Em uma semana, o anúncio alcançou mais de sete milhões de visualizações e 215 mil compartilhamentos.

Assista ao vídeo:

sábado, 25 de junho de 2016

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição - Canguçu/RS

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Canguçu.
Município de Canguçu/RS comemora seus 159 anos no dia 27 de junho de 2016.

Histórias do Rádio - Livro será lançado em Pelotas


No dia 07 de Julho, às 19h00, no Bistrô da Secretaria de Cultura de Pelotas acontece o lançamento do livro "Histórias do Rádio". Obra do radialista Wolney Rosa de Castro e sua trajetória de 50 anos de rádio. Teve ajuda do filho Rafael na autoria da obra.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Alerta para queda na Doação de Órgãos do Brasil

O relatório da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos sobre o primeiro trimestre de 2016 traz dados preocupantes quanto a redução nacional no número de doações de órgãos.  Se em 2015 o país fechou o ano com uma taxa de 14,1 doadores efetivos por milhão de pessoas (pmp), nos três primeiro meses deste ano houve queda para 13,1. O resultado é ainda mais alarmante se comparado à previsão inicial de chegar a 16 doadores efetivos por milhão de pessoas.

Um das exceções no cenário nacional é o Rio Grande do Sul. O estado avançou nos índices, subindo de 21,9 em 2015 para 25,2 doadores efetivos pmp no primeiro trimestre de 2016. “Aqui houve uma evolução constante na conscientização das pessoas ao longo dos anos. A sociedade tem conhecido e apoiado esta causa e isso ajuda muito para o processo dos transplantes”, afirma o presidente da Frente Parlamentar de Estímulo à Doação de Órgãos, deputado Adilson Troca.
Ainda assim, o deputado alerta para a necessidade de mais atenção ainda para a Doação de Órgãos. “Por trás deste números estão vidas, está o sofrimento da espera e a esperança de um transplante. Por isso fazemos uma apelo para que cada um converse com sua família sobre a intenção e se tornar doador. Dessa maneira será possível reverter a tendência nacional de queda”.
Pela Lei brasileira a doação de órgãos só se concretiza através do consentimento dos familiares. Por isso é fundamental aproximar o tema do cotidiano e fomentar o diálogo na casa das pessoas.
Transporte aéreo
No fim de semana um levantamento do Jornal o Globo mostrou um problema até então desconhecido na realização dos transplantes. Conforme o apontamento, entre os anos de 2013 e 2015, 153 órgãos deixaram de ser transplantados por falta de aviões da Força Aérea Brasileira para fazer o transporte de órgãos. Porém, nestes mesmos dias, os aviões da FAB foram utilizados para o transporte de ministros e autoridades.
O transporte aéreo é fundamental para o processo de transplantes em função da compatibilidade entre o órgão doado e o receptor e a necessidade de rapidez do processo. Coração e pulmões, por exemplo, tem um prazo de apenas 4 horas entre a extração e o enxerto no receptor. “É fundamental que o Governo Federal normatize com urgência o uso dos aviões. A vida deve vir em primeiro lugar sempre”, afirma o presidente da Frente de Estímulo à Doação de Órgãos, deputado Adilson Troca.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Doação de medula


O primeiro passo para quem quer ser um doador de medula é realizar o cadastro para saber se o candidato é geneticamente compatível com a pessoa que precisa da doação. Para isso, é preciso ter entre 18 e 54 anos e preencher um formulário com os dados pessoais.
O procedimento rápido e indolor. Após responder ao formulário, será coletada uma pequena amostra de sangue, entre 5 ml e 10 ml para fazer o teste de compatibilidade. Todo o processo dura cerca de 20 minutos. A partir desse momento, o candidato fará parte do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) e pode ajudar pacientes que precisam do transplante em todo o país.
Em caso de compatibilidade, serão feitos exames complementares. No procedimento, a medula óssea é retirada do interior do osso da bacia, por meio de punções e sob anestesia. O doador se recupera em 15 dias e o organismo também repõe a medula doada em poucos dias.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Denarc supera metas de Ações de Prevenção e Educação ao Uso Indevido de Drogas no 1° semestre

A Polícia Civil por meio da Divisão de Prevenção e Educação (DIPE/Denarc) já atingiu, de janeiro à junho, mais de doze mil ouvintes e participantes através do Projeto Anjos da Lei. Foram realizadas palestras, exposições fotográficas, caminhadas, corridas escolares e dezenas de outras atividades sociais, culturais e esportivas.
Em 2015, na gestão do atual chefe de polícia Del. Emerson Wendt, a Divisão de Investigação do Narcotráfico (Dinarc) e a DIPE começaram a desenvolver ações conjuntas e intensificadas de repressão e prevenção, levando à comunidade gaúcha informação a respeito dos malefícios causados pelo consumo de drogas e as ações desenvolvidas. Na ocasião, o Denarc lançou a "Anjos da Lei" por meio de cartilhas, folders, cartazes e panfletos, todos os materiais desenvolvidos pelo setor de artes gráficas da Corag (Companhia Rio-grandense de Artes Gráficas).

Os Delegados de Polícia Odival de Souza Soares (diretor do DENARC), Mario de Souza (diretor da DINARC) e Sávio Azambuja Espindola (diretor da DIPE) festejando os resultados superados de 2015, ressaltaram a importância da participação da Polícia Civil Gaúcha em eventos dessa natureza, sobretudo quando há elevado número de ouvintes e participantes, preocupados com o crescente aumento indevido de drogas.
Devido à grande demanda de estudantes da rede pública, estão previstas para o segundo semestres mais ações do projeto Anjos da Lei com a confecção de novo material gráfico, que a partir de agora conterá informações também relacionadas à violência contra jovens e adolescentes. Conforme o presidente interino da Corag, Sergio Luiz Valmorbida a empresa teve o maior prazer em fazer parte da confecção dos materiais de divulgação do trabalho de Prevenção e Educação ao Uso Indevido de Drogas e estará sempre à disposição para futuras ações.
Dando sequência, serão realizadas participações em rádios, televisão, palestras, exposições fotográficas, caminhadas, as corridas escolares e dezenas de atividades sociais e culturais, podendo ser agendadas, pelo e-mail denarc-dipe@pc.rs.gov.br.
Disque-denúncia: 0800 518 518 
WhatsApp ou Telegram 51 8418-7814
Fonte: DIPE-DENARC

sábado, 28 de maio de 2016

Os 5 compromissos

✤ Os cinco compromissos:
1. Seja impecável com a sua palavra. As palavras tem imenso poder e não devem ser usadas de modo leviano. Diga apenas aquilo em que acredita e use corretamente sua energia.
2. Não leve nada para o lado pessoal. Quando alguém fala de você, está na realidade expondo a si mesmo. Aprenda a se tornar imune às opiniões alheias.
3. Não tire conclusões. Atenha-se apenas à realidade imediata e concreta. Seja sempre claro e transparente; ignore o que há de nebuloso ou mal-explicado.
4. Sempre dê o melhor de si. Em qualquer circunstância, faça o melhor que puder.
5. Seja cético, mas aprenda a ouvir. Confie em si mesmo e em ninguém mais. Aproveite-se da dúvida para questionar tudo o que ouvir.✤
Don Miguel Ruiz, O quinto compromisso

quarta-feira, 25 de maio de 2016

10 melhores e piores profissões para 2016

O ranking anual do CareerCast.com, site norte-americano especializado em empregos, colocou cientista de dados no topo da lista de melhores profissões nos Estados Unidos em 2016. Em último lugar ficou o repórter de jornal. A lista tem no total 200 atividades profissionais.
O levantamento toma como base para eleger as melhores e piores profissões 5 critérios: demandas físicas, ambiente de trabalho, renda, estresse e perspectivas de contratação. Para compilar o ranking, a empresa usou principalmente dados do Centro de Estatísticas do Trabalho e de outras agências do governo norte-americano.

A profissão de cientista de dados lidera a lista de melhores profissões com salário médio anual de US$ 128.240. O atuário liderava o ranking no ano passado e caiu para a 10ª colocação.

10 MELHORES PROFISSÕES PARA 2016
1) Cientista de dados - salário médio anual: US$ 128.240
2) Estatístico - salário médio anual: US$ 79.990
3) Analista de segurança da informação - salário médio anual: US$ 88.890
4) Audiologista - salário médio anual: US$ 73.060
5) Médico de diagnóstico ultrassonografista - salário médio anual: US$ 62.540
6) Matemático - salário médio anual: US$ 103.720
7) Engenheiro de software - salário médio anual: US$ 97.990
8) Analista de sistemas da computação - salário médio anual: US$ 82.710
9) Fonoaudiólogo - salário médio anual: US$ 71.550
10) Atuário - salário médio anual: US$ 96.700
"Tô ralado"

10 PIORES PROFISSÕES PARA 2016
1) Repórter de jornal - salário médio anual: US$ 37.200
2) Lenhador - salário médio anual: US$ 35.160
3) Locutor de rádio - salário médio anual: US$ 37.200
4) DJ - salário médio anual: US$ 29.010
5) Militar alistado - salário médio anual: US$ 27.936
6) Trabalhador de controle de pragas - salário médio anual: US$ 30.660
7) Vendedor no varejo - salário médio anual: US$ 21.670
8) Publicitário (venda de publicidade) - salário médio anual: US$ 47.890
9) Taxista - salário médio anual: US$ 23.210
10) Bombeiro - salário médio anual: US$ 45.970

Bate-Papo na Escola Victor Marques Porto, em Canguçu



segunda-feira, 23 de maio de 2016

Campanha permanente de arrecadação de fraldas no Hospital Escola

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas é considerado um centro regional de referência na área da saúde, com destaque para o tratamento do câncer, AIDS, gestação de alto risco e prematuros de extremo baixo peso, recebendo pacientes para internação e tratamento exclusivamente pelo SUS. Grande parte destes pacientes necessita de apoio material durante a internação hospitalar. Esse apoio é oferecido, quando possível, através de doações da comunidade que, espontaneamente, contribui com a instituição na ajuda aos mais necessitados.
Assim, o Hospital Escola solicita o apoio da comunidade através da doação de fraldas pediátricas e geriátricas para suprir a necessidade dos pacientes. As doações podem ser entregues diretamente no Serviço de Ouvidoria do HE, rua Prof. Araújo, 538, Pelotas/RS.

O Hospital Escola, em nome de seus pacientes, agradece desde já o importante gesto.
Saiba mais CLICANDO AQUI

Já fez sua doação de sangue?

O que tu faz para transformar o mundo? O que tu faz para torna-lo um lugar melhor? Comece com um gesto simples, doe amor, doe vida, doe sangue!
O que é necessário para doar?

*Menores de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou responsável legal no momento da doação;
*Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação;
*Não estar em jejum, mas com alimentação não gordurosa;

DOE SANGUE, DOE VIDA

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Construção de imagem é feita com três coisas: suor, suor e suor

Patrícia Casseano*

"Você consegue colocar minha empresa no Jornal Nacional?". 

"Quero ser entrevistado pelo Jô".

Em 10 anos à frente de uma assessoria de imprensa, as frases acima foram recorrentes em minhas conversas com clientes. Durante esta longa jornada, consegui que eles fossem pauta tanto em um como no outro. Mas não sem antes trabalhar. E muito.
Com a chegada das mídias sociais, há uma errônea sensação de que tudo agora é mais fácil na comunicação. É mais fácil virar pauta no JN, é mais fácil ser capa da VEJA, é mais fácil ser entrevistado na TV, etc., simplesmente porque se tem um perfil com um bom número de seguidores. Ledo engano. Não é mais fácil, é mais difícil.
Muitos pensam: a comunicação se democratizou, agora as empresas e consultores possuem mais canais para contatar os jornalistas e virarem notícia. Pois é exatamente por isso que quem quer virar notícia precisa de ajuda profissional.
Sim, há um poder maior na mão de cada um. Todos nós viramos mídias com nossos dispositivos móveis de última geração. Você pode começar uma transmissão ao vivo no Facebook para seus fãs agora mesmo. Ainda assim, é preciso um olhar profissional por trás de tudo isso, um planejamento.
De todos os empreendedores que são entrevistados na TV, de todos os fundadores de startups que são capas de revistas, quantos desses você acha que alcançaram tal feito sem assessoria de imprensa? A resposta, garanto, é mínima.
E não há facilidade neste trabalho. É preciso integração, planejada e executada por profissionais. Você colocaria um sobrinho bom em matemática para ser o porta-voz de seu departamento financeiro? Não? Então por que colocá-lo para cuidar da página de seu Facebook? Você está apto para montar o plano de comunicação integrado de sua empresa? Não? Então por que você se aventura em preparar o release de seu próprio negócio? É preciso planejamento integrado, que tem muito mais chance de ser bem feito pelos profissionais da área.
Além disso, pense em longo prazo. Saiba que o relacionamento com os veículos de imprensa demanda tempo, mas depois gera resultados sustentáveis. Lembre-se que quem quer tudo para ontem não vive o amanhã. E isso vale - e muito - para a comunicação. Construção de imagem não se faz de uma hora para outra. 
É difícil imaginar a Coca-Cola e o Natal separados? A Nike e os exercícios físicos afastados? Pois é. E isso levou bastante tempo. O motivo é simples: planejamento e esforço no trabalho de comunicação. 
Quer um exemplo nacional? Omo é uma marca poderosa nos dias de hoje, mas a constante renovação foi essencial para que ela se mantivesse na mídia. Já foi Omo Cores, Dupla Ação, Progress, Ultra, líquidos, etc. Em outras palavras, não basta aparecer na mídia uma vez, é preciso construir sua imagem de maneira sólida para que possa voltar à mídia. Esse é o ponto. 
E para isso, certamente, você precisa do trabalho de quem entende. Caso contrário, sua passagem pela imprensa será fugaz, sem condições de se reinventar, de inovar para ser lembrado de novo, para ser porta-voz mais uma vez.
Mencionei que a construção de imagem é feita de três coisas: suor, suor e suor. Arrisco a colocar mais um componente: profissionalismo. Lembre-se disso quando quiser ver sua empresa ou você mesmo virando notícia.
*Jornalista e Diretora-executiva do Grupo Image.

terça-feira, 26 de abril de 2016

É Bom também!!

Dois amigos se encontram depois de algum tempo sem se ver.

"Olá, Adriano. Quanto tempo. Tudo bem?"
"Opa, Carlos. Tudo e contigo?"
"Indo. E a Tua mãe ta bem?"
"Tá sim. Pai é que morreu".
"Bah,morreu como?"
"Ele se matou, Adriano. Tomou veneno"
"Barbaridade. Tomou estriquinina?"
"Não, Rei do Rato".
"Ufa, ainda bem. Mas é bom também"....

Coisa de louco, né? Mas aconteceu este papo em Canguçu....rss

sábado, 23 de abril de 2016

Hoje é Dia de Ogum na Umbanda! Dia 23 de Abril. Dia de São Jorge

Saravá Ogum! Ogunhê!

Ogum, na Umbanda, representa uma das forças da natureza oriundas de Deus, que se manifesta na forma de energia ligada à perseverança, à coragem de vencer demandas, atuando na defesa de toda a natureza, sendo executor da Lei. Sua energia está em todos os lugares.

Por vir representado pelos seus falangeiros, como energia vibrante e enérgica, Ogum é símbolo de atividade, de trabalho, de vigor, de possibilidade de a criatura humana buscar na natureza os recursos para vencer suas fronteiras, físicas e espirituais, revitalizando ou descobrindo sua energia vital, às vezes, nem sempre conhecida pelo indivíduo.

Os pontos cantados para louvar Ogum trazem também essa energia, todos eles ressaltando suas qualidades de bravo guerreiro e vencedor de demandas. É comum vermos nos pontos cantados para Ogum a junção dos vários elementos da natureza sendo louvados quando invocamos seus falangeiros.

Quando o filho de fé invoca o Orixá Ogum, está invocando forças que o levem a lutar e vencer sobre as forças que o querem levar ao declínio, agindo a energia de Ogum como elemento revitalizador que possibilita sua ascensão, sua conquista ao fim desejado. Assim como Oxalá, Ogum também é força, é misericórdia, é socorro.

Ogum vibra sua energia nos Caminhos, nas entradas, sempre vigilante, aplicando a Lei Divina com rigidez e firmeza, conforme a atitude daquele que o leva a agir.


Os falangeiros de Ogum são representados por espíritos guerreiros, de soldados, daí também, advir o sincretismo desse Orixá com São Jorge, no Rio de Janeiro, comemorando-se seu dia em 23 de abril. Na verdade, compara-se Ogum a São Jorge pelas características desse Santo Guerreiro do catolicismo: São Jorge veste uma armadura de guerra e monta um cavalo branco. Utiliza a lança e a espada para vencer o dragão, que no caso de Ogum, traz o simbolismo de que através da sua coragem e destemor, sua energia é capaz de trazer a proteção necessária para o combate às forças do Astral Inferior, e o dragão representaria a alegoria de que as forças dos espíritos trevosos e obsessores não são capazes de vencer e derrubar seus filhos.

A força de Ogum é representada por sua espada, sua lança, seu escudo (“Ogum quando vem lá de Aruanda, traz uma espada, e uma lança na mão...”), e através do metal de sua espada, Ogum corta o mal e vence demanda do filho que a ele roga sua benção e proteção, mobilizando toda a sua energia para esse caminho.

Ogum atua com todos os elementos naturais, Ar, Fogo, Água, Terra e, por não ter elemento da natureza específico no qual estabelece sua vibração, Ogum atua em todos eles em conjunto com os demais Orixás, trazendo seus falangeiros características dessa vibração de Ogum com a vibração do Orixá que rege outro campo vibratório da Natureza.

Dessa forma encontramos os desdobramentos da energia do Orixá Ogum, sendo que os mais conhecidos são:

- Ogum Megê - Trabalha em harmonia com Omulu, na entrada da calunga pequena - cemitério.

- Ogum Rompe-Mato - Trabalha em harmonia completa com Oxossi, na entrada da Mata. Podendo ser cultuado tanto na terça-feira, dia de Ogum, quanto na quinta-feira, dia de Oxossi.

- Ogum Beira-mar - Trabalha na orla marítima em harmonia com Iansã e Iemanjá

- Ogum Iara - Trabalha na cachoeira em harmonia com Oxum

- Ogum de Lei - Trabalha com as Almas em harmonia com Xangô, Omulu, Oxum e Ogum Iara.
  
Não se pode deixar de citar, ainda, que dentro desses desdobramentos, encontram-se os desdobramentos destes chefes de linha, como no caso do Ogum Sete Ondas que vem a ser o desdobramento da vibração de Ogum Beira-Mar. E, por conseguinte, os desdobramentos do próprio Ogum Sete Ondas, em Ogum Sete Ondas do Fundo do Mar, da Beira da Praia etc.

Ogum é responsável pelos caminhos. Se Exu é aquele que abre caminhos, o faz em nome de Ogum, que estabelece a ligação entre os diferentes locais, determinando a atuação de Exu. Por isso mesmo, abrem-se as giras de Exu nos terreiros de Umbanda, pedindo licença à Ogum.

Esse tão valente protetor do nosso dia-a-dia, a quem sempre invocamos força para vencer nossas demandas, usando seu escudo para proteção contra toda energia ruim ou que pretenda atrasar nossos caminhos. Ogum, que sua luz, que sua energia revigorante e divina recaia sobre os filhos que crêem na tua força, com as bênçãos de nosso Pai Oxalá.

Ogunhê, Salve Ogum, Cavaleiro de Umbanda!


Fonte: Genuína Umbanda