segunda-feira, 27 de junho de 2016

Campanha de fundação francesa mostra abandono animal e viraliza na internet

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que no Brasil existem quase 20 milhões de animais em abandono. Para colocar o assunto em debate, a fundação francesa 30 Millions d'Amis lançou uma nova campanha.
O vídeo mostra a diferença de comportamento entre um cachorro e seu dono. Enquanto o cão permanece ao lado do homem em todos os momentos, o homem não pensa duas vezes em deixar o animal na primeira oportunidade que encontra.

Em uma semana, o anúncio alcançou mais de sete milhões de visualizações e 215 mil compartilhamentos.

Assista ao vídeo:

sábado, 25 de junho de 2016

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição - Canguçu/RS

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, em Canguçu.
Município de Canguçu/RS comemora seus 159 anos no dia 27 de junho de 2016.

Histórias do Rádio - Livro será lançado em Pelotas


No dia 07 de Julho, às 19h00, no Bistrô da Secretaria de Cultura de Pelotas acontece o lançamento do livro "Histórias do Rádio". Obra do radialista Wolney Rosa de Castro e sua trajetória de 50 anos de rádio. Teve ajuda do filho Rafael na autoria da obra.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Alerta para queda na Doação de Órgãos do Brasil

O relatório da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos sobre o primeiro trimestre de 2016 traz dados preocupantes quanto a redução nacional no número de doações de órgãos.  Se em 2015 o país fechou o ano com uma taxa de 14,1 doadores efetivos por milhão de pessoas (pmp), nos três primeiro meses deste ano houve queda para 13,1. O resultado é ainda mais alarmante se comparado à previsão inicial de chegar a 16 doadores efetivos por milhão de pessoas.

Um das exceções no cenário nacional é o Rio Grande do Sul. O estado avançou nos índices, subindo de 21,9 em 2015 para 25,2 doadores efetivos pmp no primeiro trimestre de 2016. “Aqui houve uma evolução constante na conscientização das pessoas ao longo dos anos. A sociedade tem conhecido e apoiado esta causa e isso ajuda muito para o processo dos transplantes”, afirma o presidente da Frente Parlamentar de Estímulo à Doação de Órgãos, deputado Adilson Troca.
Ainda assim, o deputado alerta para a necessidade de mais atenção ainda para a Doação de Órgãos. “Por trás deste números estão vidas, está o sofrimento da espera e a esperança de um transplante. Por isso fazemos uma apelo para que cada um converse com sua família sobre a intenção e se tornar doador. Dessa maneira será possível reverter a tendência nacional de queda”.
Pela Lei brasileira a doação de órgãos só se concretiza através do consentimento dos familiares. Por isso é fundamental aproximar o tema do cotidiano e fomentar o diálogo na casa das pessoas.
Transporte aéreo
No fim de semana um levantamento do Jornal o Globo mostrou um problema até então desconhecido na realização dos transplantes. Conforme o apontamento, entre os anos de 2013 e 2015, 153 órgãos deixaram de ser transplantados por falta de aviões da Força Aérea Brasileira para fazer o transporte de órgãos. Porém, nestes mesmos dias, os aviões da FAB foram utilizados para o transporte de ministros e autoridades.
O transporte aéreo é fundamental para o processo de transplantes em função da compatibilidade entre o órgão doado e o receptor e a necessidade de rapidez do processo. Coração e pulmões, por exemplo, tem um prazo de apenas 4 horas entre a extração e o enxerto no receptor. “É fundamental que o Governo Federal normatize com urgência o uso dos aviões. A vida deve vir em primeiro lugar sempre”, afirma o presidente da Frente de Estímulo à Doação de Órgãos, deputado Adilson Troca.

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Doação de medula


O primeiro passo para quem quer ser um doador de medula é realizar o cadastro para saber se o candidato é geneticamente compatível com a pessoa que precisa da doação. Para isso, é preciso ter entre 18 e 54 anos e preencher um formulário com os dados pessoais.
O procedimento rápido e indolor. Após responder ao formulário, será coletada uma pequena amostra de sangue, entre 5 ml e 10 ml para fazer o teste de compatibilidade. Todo o processo dura cerca de 20 minutos. A partir desse momento, o candidato fará parte do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) e pode ajudar pacientes que precisam do transplante em todo o país.
Em caso de compatibilidade, serão feitos exames complementares. No procedimento, a medula óssea é retirada do interior do osso da bacia, por meio de punções e sob anestesia. O doador se recupera em 15 dias e o organismo também repõe a medula doada em poucos dias.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Denarc supera metas de Ações de Prevenção e Educação ao Uso Indevido de Drogas no 1° semestre

A Polícia Civil por meio da Divisão de Prevenção e Educação (DIPE/Denarc) já atingiu, de janeiro à junho, mais de doze mil ouvintes e participantes através do Projeto Anjos da Lei. Foram realizadas palestras, exposições fotográficas, caminhadas, corridas escolares e dezenas de outras atividades sociais, culturais e esportivas.
Em 2015, na gestão do atual chefe de polícia Del. Emerson Wendt, a Divisão de Investigação do Narcotráfico (Dinarc) e a DIPE começaram a desenvolver ações conjuntas e intensificadas de repressão e prevenção, levando à comunidade gaúcha informação a respeito dos malefícios causados pelo consumo de drogas e as ações desenvolvidas. Na ocasião, o Denarc lançou a "Anjos da Lei" por meio de cartilhas, folders, cartazes e panfletos, todos os materiais desenvolvidos pelo setor de artes gráficas da Corag (Companhia Rio-grandense de Artes Gráficas).

Os Delegados de Polícia Odival de Souza Soares (diretor do DENARC), Mario de Souza (diretor da DINARC) e Sávio Azambuja Espindola (diretor da DIPE) festejando os resultados superados de 2015, ressaltaram a importância da participação da Polícia Civil Gaúcha em eventos dessa natureza, sobretudo quando há elevado número de ouvintes e participantes, preocupados com o crescente aumento indevido de drogas.
Devido à grande demanda de estudantes da rede pública, estão previstas para o segundo semestres mais ações do projeto Anjos da Lei com a confecção de novo material gráfico, que a partir de agora conterá informações também relacionadas à violência contra jovens e adolescentes. Conforme o presidente interino da Corag, Sergio Luiz Valmorbida a empresa teve o maior prazer em fazer parte da confecção dos materiais de divulgação do trabalho de Prevenção e Educação ao Uso Indevido de Drogas e estará sempre à disposição para futuras ações.
Dando sequência, serão realizadas participações em rádios, televisão, palestras, exposições fotográficas, caminhadas, as corridas escolares e dezenas de atividades sociais e culturais, podendo ser agendadas, pelo e-mail denarc-dipe@pc.rs.gov.br.
Disque-denúncia: 0800 518 518 
WhatsApp ou Telegram 51 8418-7814
Fonte: DIPE-DENARC