segunda-feira, 6 de junho de 2016

Doação de medula


O primeiro passo para quem quer ser um doador de medula é realizar o cadastro para saber se o candidato é geneticamente compatível com a pessoa que precisa da doação. Para isso, é preciso ter entre 18 e 54 anos e preencher um formulário com os dados pessoais.
O procedimento rápido e indolor. Após responder ao formulário, será coletada uma pequena amostra de sangue, entre 5 ml e 10 ml para fazer o teste de compatibilidade. Todo o processo dura cerca de 20 minutos. A partir desse momento, o candidato fará parte do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) e pode ajudar pacientes que precisam do transplante em todo o país.
Em caso de compatibilidade, serão feitos exames complementares. No procedimento, a medula óssea é retirada do interior do osso da bacia, por meio de punções e sob anestesia. O doador se recupera em 15 dias e o organismo também repõe a medula doada em poucos dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião sobre os textos e fatos divulgados no blog são muito importantes, por isso, serão analisadas e posteriormente, se estiverem de acordo com os temas, liberadas.
Forte abraço!!!