terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Uma atualização no Google+ e no Blogger - Confira

Após o anúncio da suspensão de uso da API Google+ programada para março de 2019, várias alterações serão feitas na integração do Blogger com o Google+ em 4 de fevereiro de 2019. 

Widgets do Google+: não haverá mais compatibilidade com os widgets “Botão +1”, “Seguidores do Google+” e “Selo do Google+” no layout. Todas as instâncias desses widgets serão removidas do seu blog. 

Botões +1: os botões do Google+/+1 e os links de compartilhamento do Google+ abaixo das postagens do blog e na barra de navegação serão removidos. 

Se você tiver um modelo personalizado com recursos do Google+, talvez precise atualizá-lo. Entre em contato com o fornecedor do modelo para receber orientação. 

Comentários do Google+: os comentários do Google+ não serão mais compatíveis, e todos os blogs que usam esse recurso voltarão a usar os comentários do Blogger. Infelizmente, não é possível migrar os comentários postados no Google+ para o Blogger. Eles não aparecerão mais no seu blog. 

Tenha em atenção que, se tiver um modelo personalizado que inclua funcionalidades do Google+, poderá ter de atualizar o seu modelo. Entre em contato com seu fornecedor de modelos para obter orientação. Comentários do Google+: o suporte para os Comentários do Google+ será recusado e todos os blogs que usam os Comentários do Google+ serão revertidos para comentários do Blogger em 4 de fevereiro de 2019. Infelizmente, os comentários postados como comentários do Google+ não podem ser migrados para o Blogger e não aparecerão mais no seu blog.

Perfil do Google+: em março de 2019, o Blogger voltará a ter apenas os perfis do Blogger. Os usuários que selecionaram um perfil do G + no passado aparecerão como autores desconhecidos até o próximo login no Blogger e fornecerão um novo nome de exibição e avatar.

Lamentamos pelo inconveniente que essas alterações podem causar, mas estamos ansiosos para fornecer novas funcionalidades ao Blogger no próximo ano. Obrigado pela sua lealdade continuada. Se você tiver dúvidas sobre qualquer uma dessas alterações ou precisar de ajuda para navegar nelas, visite nosso Fórum de Ajuda do Blogger .

informações:Blogger

domingo, 27 de janeiro de 2019

*Manifesto da FILOSOFIA*


Mito da Caverna é uma metáfora criada pelo filósofo grego Platão, que consiste na tentativa de explicar a condição de ignorância em que vivem os seres humanos e o que seria necessário para atingir o verdadeiro “mundo real”, baseado na razão acima dos sentidos.
Platão descreve que alguns homens, desde a infância, se encontram aprisionados em uma caverna. Nesse lugar, não conseguem se mover em virtude das correntes que os mantém imobilizados.
Virados de costas para a entrada da caverna, veem apenas o seu fundo. Atrás deles há uma parede pequena, onde uma fogueira permanece acesa.
Por ali passam homens transportando coisas, mas como a parede oculta o corpo dos homens, apenas as coisas que transportam são projetadas em sombras e vistas pelos prisioneiros. Certo dia, um desses homens que estava acorrentado consegue escapar e é surpreendido com uma nova realidade. No entanto, a luz da fogueira, bem como a do exterior da caverna, agridem os seus olhos, já que ele nunca tinha visto a luz.
Esse homem tem a opção de voltar para a caverna e manter-se como havia se acostumado ou, por outro lado, pode se esforçar por se habituar à nova realidade.
Se esse homem quiser permanecer fora pode, ainda, voltar para libertar os companheiros dizendo o que havia descoberto no exterior da caverna.
Provavelmente, eles não acreditariam no seu testemunho, já que a verdade era o que conseguiam perceber da sua vivência na caverna.
Com o Mito da Caverna, Platão revela a importância da educação e da aquisição do conhecimento, sendo esse o instrumento que permite aos homens estar a par da verdade e estabelecer o pensamento crítico.
O senso comum, que dispensa estudo e investigação, é representado pelas impressões aparentes vistas pelos homens através das sombras. O conhecimento científico, por sua vez, baseado em comprovações, é representado pela luz.
Assim, tal como o prisioneiro liberto, as pessoas também podem ser confrontadas com novas experiências que ofereçam mais discernimento. O fato de passar a entender coisas pode, no entanto, ser chocante e esse fato inibidor para que continuem a buscar conhecimento.
Isso porque a sociedade tem a tendência de nos moldar para aquilo que ela quer de nós, que é aceitar somente o que nos oferece através da informação transmitida em meios de comunicação e não só.
Desde a Antiguidade, Platão quer mostrar a importância da investigação para que sejam encontrados meios de combate ao sistema, o qual limita ações de mudança. (Autor desconhecido)